Feeds:
Artigos
Comentários

Ser pai!

Olá!
Eu peguei esse video de algum post que fizeram no Facebook porque sei exatamente como esses pais se sentem e essa sensação não tem preço!

Eu ainda recebo muita festa do meu filho qdo chego em casa depois de um dia cansativo mesmo ele não sendo mais um bebê e terei a bênção de começar tudo de novo e sentir a alegria da minha filhota em breve!
É revigorante e enche a alma de paz e alegria, mas engana-se que só sendo o progenitor basta. Sou da opinião que só faz sentido ser pai se você realmente tiver algo de bom a dar aos seus filhos.
Certa vez li um post em um blog em que o autor usou diferentes formas de descrever o que é ser pai para ele, e entre algumas definições me chamou a atenção duas delas.
A primeira diz: que ser pai é ser forte para lutar, firme para disciplinar, mas sensível para perdoar e amar. Estas palavras logicamente não definem 100% o que é ser pai, mas resume bem alguns pontos que defendo veemente. Pai tem que participar ativamente da vida dos teus filhos, ponto! Filhos são os projetos de vida mais importante que você terá, então proteja-os contra tudo e todos que poderão fazer mal a eles. Por outro lado, você não poderá protegê-los sempre, então ensine-os como se protegerem sozinhos e como se manterem o máximo possível longe de perigo. Ser firme não quer dizer duro. O que os teus filhos precisam é de um guia,  não de um sargentão dentro de casa.
Se quer que seus filhos sejam bons, corretos e que tenham o mínimo de educação (e quando digo educação é educação de casa: bom dia, com licença, obrigado, etc.) então seja um exemplo para eles! Você é o formador de caráter em cada um deles!  E finalmente…você não será ridicularizado ou considerado menos homem se demonstrar que ama os seus filhos com afeto e carinho. Beije, abrace cada um deles todos os dias. Diga que os ama…o tempo passa muito rápido e quando você menos esperar o mundo já os engoliu. E se acharem você menos homem por causa disso, o que mais importa na tua vida? A imagem que pessoas ignorantes têm de você ou a imagem que os teus filhos terão do próprio pai?
Aí que entra a segunda definição que me chamou a atenção: “pai é ser o motivador das vitórias dos filhos”. Cansamos de ver aqueles filmes em que o filho faz um gol num jogo de final de semana ou se apresenta na peça de teatro na escola e procura quem na platéia? O pai! E isso é verdade, acontece na vida real. Esteja lá o máximo que puder. Não existe conforto e motivação maior que ter o pai por perto nesses momentos, que para muitos adultos pode ser banal ou não muito empolgante,  mas que para estes pequenos é o ápice em suas vidas!
Eu nasci para ser pai, amo ser pai e sempre tive muito claro o que queria. Faltam poucos meses pra chegada da minha pequena e daí meu time estará completo e a minha missão estará apenas começando… Aliás, já começou!
Tá então?
Então tá!

PMN

Anúncios

Ontem eu estava ouvindo a Kiss FM (102,1) na volta pra casa quando o titio Marco Antonio chamou a repórter de trânsito que fica sobrevoando SP para o boletim do trânsito.

A repórter, que não me lembro o nome, mas que é muito divertida e descolada por sinal, estava comentando que estava quase completando o álbum da copa e o titio Marco Antonio bancou q ela já havia completado a seleção italiana. Ela prontamente confirmou com algo do tipo, “opa, claro!!! Não só a italiana, mas todos os mais gatos!” 

Nessa eis q surge o comentário do titio Marco Antonio: “deixei toda a seleção de Camarões separado aqui pra você de presente” e ela soltou um grito de repúdio, deram risada e passaram para o boletim.

 

Imagem

Fiquei pensando com meus botões…os camaroneses não podem ser bonitos? Não foi um jogador ou outro, foi a seleção de Camarões. E se fosse a seleção da Costa do Marfim? Provavelmente teria o mesmo final. E se fosse a seleção, sei lá…da Espanha, França? Ela ficaria feliz?

Não costumo julgar comentários ou atos que possam ser racistas ou preconceituosos, mas esse diálogo que deve ter passado batido por vários ouvintes ou até mesmo engraçado pra alguns me fez pensar o quanto isso está encruado nas pessoas e elas nem percebem.

Reparo muito em propagandas com crianças, fralda, leite, suplemento, papinho, brinquedos, etc…quando vimos um bebê negro feliz brincando ou comendo com seus pais? Sinceramente só me lembro de ter visto algo parecido quando a prefeitura de São Paulo fazia propaganda do pré-natal e pós-natal se não me engano do SUS, com um casal e filho negros. SUS, propaganda com negros. Fisher Price, Pampers ou Ninho, brancos. Será que já é tão normal que ninguém percebe mais?

Imagem

Me preocupa isso porque meu filho esta crescendo e não quero que ele tenha uma imagem tão….natural disso. Claro que será um trabalho nosso, dos pais, a educá-lo e mostrar-lhe que o mundo é muito mais que isso, mas que será uma briga desleal, ah vai ser. Pai e mãe vs televisão e falta de percepção do mundo. Na cabeça dele quem estará certo?

Enfim, um post para refletir…

Tá então?

Então tá!

PMN

 

Kombi, quem nunca andou em uma?
Seja em uma lotação ou na perua da escola, ela sempre esteve presente na vida de todos nós pelo menos uma vez na vida. Principalmente dos que tem mais de 32 anos como eu.
A Volks lançou um vídeo muito bacana contando alguns casos envolvendo a Kombi. Achei muito legal e resolvi postar.

Alguém aí tem alguma boa história pra contar sobre a Kombi? Deixe nos comentários, vamos nos divertir relembrando bons momentos.
Eu por ex, quando estudava na Escola Emydio de Barros no Jd Bonfiglioli ia e voltava na perua do tio Luiz! E quantas vezes não fui no “motor” batendo figurinha com meus amigos?! Um tempo depois começaram a fechar a passagem com grade e lá se foi a nossa diversão. As pernas e a bunda ficavam quente demais, mas não saíamos de lá…
Muitos anos depois tive a chance de dirigir algumas quando trabalhei com meu pai. Eu simplesmente adorava dirigir esse estranho carro “sem frente”. Me lembro até que tive que fazer baliza na região da Av. Paulista e acertei de primeira. O tonto ficou todo feliz.
Andei muito de cabrita também! Cabritas são aquelas Kombis com carroceria, ao melhor estilo pick-up!

image

E deve ter muita gente que nem viu o sistema de portas antiga. Aquela que abria as portas pra fora e que pra fechar tinha que fechar a de trás primeiro, baixar uma alavanca, fechar a da frente e girar a maçaneta até travar. Hoje essas portas de correr pouparam muito esforço, mas ficou mais sem graça.
Até o José Henrique, meu filho de 2 anos e pouco tem a sua Kombi!

image

E você, qual a tua história?
Obrigado D. Kombi, bom descanso!

Tá então?
Então tá!

PMN

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

Essa pegadinha foi show!

A Pepsi “transformou” o jogador da NBA Kyrie Irving do Cleveland Cavaliers no simpático Tio Drew e o levou a uma dessas quadras de basquete espalhadas pelos bairros dos EUA para assistir ao “sobrinho” jogar.

SLMS-120043-CN1.pdf

Ele chegou meio que se arrastando e logo um dos atores se “contundiu” e chamaram o Uncle Drew para compor o time. O começo foi triste, nem aro dava…mas com o tempo, Uncle Drew foi se soltando e olha só a reação da galera!

Sensacional!

Tá então?

Então tá!

PMN

Aeeeee galera, finalmente estou de volta no meu blog que abandonei a mais de 1 ano!

Eu nem me lembrava mais do último post que fiz e pude ver que foi o resumo de 2011, então 2012 ficou jogado às traças e por pouco 2013 não se perde junto.

E pra comemorar a volta, bem no mês de agosto…resolvi pesquisar o porque que as pessoas chamam o mês de agosto como mês do cachorro louco.

Li na maioria dos sites que pesquisei que haviam 2 versões diferentes para explicar o “apelido”, uma histórica e uma biológica. Mas encontrei uma terceira versão, essa mais sensitiva que vale a pela ser citado.

A versão histórica diz que o mês de agosto foi marcado como mês de grandes acontecimentos ruins para a humanidade como a Primeira Guerra Mundial que começou no dia 1º de agosto de 1914, o ataque às cidades de Hiroshima e Nagasaki pelos norte-americanos com bombas atômicas nos dias 6 e 9 de agosto de 1945, o que resultou na morte de mais de 200 mil pessoas no fim da 2ª Guerra Mundial. Sem falar que em 2 de agosto de 1934 Adolf Hitler se torna o führer (Líder ou Chefe de Estado) da Alemanha. 

Convenhamos que são estranhas coincidências num único mês.

A versão mais sensitiva diz que o mês de agosto é dotado de muita energia negativa, e por isso é o mês do desgosto e do azar. Um mês carregado de superstição e magia. Podemos lembrar mais alguns fatos históricos que podem comprovar essa crendice, como o suicídio cometido por Getúlio Vargas no dia 24 de agosto de 1954, a construção do Muro de Berlim, que dividiu a Alemanha em duas partes, começou no dia 13 de agosto de 1961, no dia 12 de agosto de 1968 os católicos e protestantes da Irlanda do Norte começaram a se matar, mas “tudo em nome de Deus” e também a morte de Juscelino Kubitscheck em um acidente de carro no dia 22 de agosto de 1976.

E a versão biológica diz que neste mês há um aumento na quantidade de cadelas que ficam no cio, em razão das mudanças no clima, etc. E consequentemente a cachorrada fica enlouquecida com a possibilidade de se dar bem com a cadelada. As brigas aumentam e consequentemente a chance de se aumentar a transmissão da raiva entre os dogs e depois para os humanos são grandes,

Além de muitos outros mitos, há um muito curioso que diz que nuestros hermanos possuem uma crendice popular que diz que não é aconselhável lavar a cabeça, pois estariam atraindo a morte. Credo, eu estaria morto já no primeiro dia.

E finalmente a origem da palavra. O nome do mês, agosto (do latim, Augustus), foi uma homenagem que o imperador César Augusto fez a si mesmo, modesto ele, não?

Enfim, se analisarmos todas as versões são dignas de crença, e eu mesmo pude comprovar a força desse mês quando o meu filhote Zé passou praticamente o mês inteiro doente, saindo de uma doença e caindo em outra antes de completar 1 ano.

 E que venha logo Setembro!

Tá então?

Então tá!

PMN

Todo ano é a mesma coisa, enfeitamos árvores, compramos milhares de presentes, comemos mais que devemos e idolatramos o bom velhinho.

Mas já pararam pra pensar: “pô, quem é esse cara?” Pois é…resolvi investigar a vida dessa simpática figura.

Estudiosos afirmam que a figura do bom velhinho foi inspirada num bispo chamado Nicolau, que nasceu na Turquia em 280 d.C. O bispo, homem de bom coração, costumava ajudar as pessoas pobres, deixando saquinhos com moedas próximas às chaminés das casas.

A associação da imagem de São Nicolau ao Natal aconteceu na Alemanha e espalhou-se pelo mundo em pouco tempo. Nos Estados Unidos ganhou o nome de Santa Claus, no Brasil de Papai Noel e em Portugal de Pai Natal.

Até o final do século XIX, o Papai Noel era representado com uma roupa de inverno na cor marrom ou verde escura. Em 1886, o cartunista alemão Thomas Nast criou uma nova imagem para o bom velhinho. A roupa nas cores vermelha e branca, com cinto preto, criada por Nast foi apresentada na revista Harper’s Weeklys neste mesmo ano.

Em 1931, uma campanha publicitária da Coca-Cola nos States mostrou o Papai Noel com o mesmo figurino criado por Nast, que também eram as cores do refrigerante. A campanha publicitária fez um grande sucesso, ajudando a espalhar a nova imagem do Papai Noel pelo mundo.

Conforme a lenda, Papai Noel mora no Extremo Norte, numa terra de neve eterna (não consegui imaginar essa “terra de neve externa, mas td bem). Na versão americana, ele mora em sua casa no Polo Norte, enquanto na versão britânica frequentemente se diz que ele reside nas montanhas de Korvatunturi na Lapônia, Finlândia. Ouvi dizer que os EUA pretendem usar a mesma tática que usaram para achar Bin Laden nas montanhas afegãs para achar a versão inglesa nestas montanhas…nada pessoal.
Bueno, não achei email, endereço fixo ou telefone comercial, mas acho que o cara não representa perigo. Muito pelo contrário, pelo menos é uma figura que traz um pouco de felicidade pra todos depois de um ano sempre muito estressante.
E aqui vai um recado: curtam a família de vocês como nunca nesses dias! Nada de trabalho, de celular tocando ou de estresse, vamos curtir quem amamos numa boa!
Tenham ótimas festas! Nós estaremos ocupados cuidando de um novo ser em nossas vidas a partir de agora rs.
Tá então? Então tá!
PMN

Boa tarde amigos!

Venho hoje, depois de muito tempo parado, questionar algo que me parece muito óbvio: o significado da palavra “Preferencial”. O que ela significa pra você?

Fácil de entender não? O povo ou é muito jumento ou é muito mal educado mesmo. Falo isso pq a dificuldade que a Cris tem de arrumar um assento preferencial em ônibus, metrô, lugar em elevador do metrô, filas é impressionante, mesmo com barrigão!!! E a tática das pessoas no ônibus??? É simples e ridícula, olha só: a pessoa sentadinha viu um idoso ou uma gestante subindo no ônibus, tomba a cabeça e finge que esta dormindo. Facinho né? Tão fácil que essas pessoas de QI reduzido (ou ausente) nem precisam pensar muito pra fazer, já esta no automático.

E elevador da linha amarela do metrô então, o povo só falta passar por cima dos que estão na frente. Já teve uma gordinha ou outra q entrou no elevador dizendo q era deficiente! Só se for da cabeça.

Poxa, o que custa? Velho todos ficaremos, sem exceção e um dia vamos passar por isso. Grávida com certeza a maioria dessas “deficientes” ficarão e com certeza vão sentir na pele essa palhaçada. Na minha opinião não é burrice, é muita ignorância e falta de educação mesmo. Só queria entender como tem gente que consegue ver uma grávida de pé, uma idosa de pé e fazer cara de paisagem?! Como??? Não dá pra entender.

Já teve motorista de ônibus que não saiu com o ônibus do ponto enquanto a grávida que havia entrado não estivesse sentada! Tiro o meu chapéu pra esse cara, pena q são poucos!

São estes alguns dos motivos que me dão certeza de que esse país não tem jeito. Por causa do povinho que temos! Assento preferencial, faixa de pedestre, Porsche e Land Rover matando a 150km/h, fila dupla, manés que ultrapassam pelo acostamento…vocês realmente acham que deveríamos ter campanhas pra resolver estas coisas? Ridículo!

De qualquer forma é meu dever divulgar e tentar melhorar isso. Não só cedendo o meu lugar pra outros sentarem, mas divulgando como estou fazendo agora. Ajude você também, por favor! Um dia você vai lembrar disso.

Tá então? Então tá!

PMN